Truques psicológicos que funcionam de verdade

Tempo de leitura: 6 minutos

Ttruques psicológicos que funcionam, tá pronto meu caro amigo?

truques psicológicos que funcionam
Hoje o pai, tem aqui para vocês uma lista de truques psicológicos que funcionam, vocês irão adorar sem via das dúvidas, mas antes eu quero dizer para vocês meus amigos não focarem nisso.

Pelo fato de se algo muito superficial e que ao decorrer do tempo não vai somar no desenvolvimento de vocês, por se tratar de informações bacanas eu quero compartilhar aqui.

Na maioria das vezes conhecimento nunca é de mais!!! 

Vamos logo vê esses truques que eu gosto muito.


Truques psicológicos que funcionam


I – Use a fadiga do oponente

Quando uma pessoa está cansada, ela se torna mais receptiva às palavras dos outros, se é um pedido ou uma declaração.

A razão é que a fadiga afeta não apenas o corpo, mas também reduz o nível de energia psíquica. Quando você pedir um favor de uma pessoa cansada, provavelmente você vai receber uma resposta do tipo:

“Ok, eu vou fazê-lo amanhã” – porque no momento as pessoas não quer mais problemas para resolver.

Mas no dia seguinte a pessoa é susceptível de cumprir a promessa – as pessoas tendem a tentar manter a minha palavra, porque senão receber desconforto psicológico.

II – Se você convencer as pessoas que você não mente ou que você é um “mau mentiroso” elas quase sempre irão acreditar em você. Agora, o contrário, que você é um mentiroso, etc…

Você pode usar isso contra (ou a favor) das pessoas. Imagine a cena: alguém entra no seu quarto de surpresa e pergunta o que você estava fazendo e você prontamente responde: “assistindo pornografia”.

Mesmo que seja verdade, vão duvidar por você ser tão mentiroso.

III – Em um grupo de pessoas, algumas costumam seguir a linguagem corporal de outras. Duvida? Faça algum desses exemplos para provar a teoria e se divirta:

Olhe para cima. Se alguém estiver prestando atenção em você, certamente fará o mesmo.

Tem um artigo aqui no site que falamos sobre linguagem corporal avançada, >> clique aqui <<

BOCEJO

O bocejo é outro gesto contagioso. Tente bocejar de propósito enquanto conversa com alguém e veja a mágica acontecer!

Um jeito de saber se a pessoa com quem você está conversando, está interessada no que você está dizendo é cruzar os braços. Se o gesto for retribuído, certamente estão interessados.

IV – Quer que os filhos comam brócolis? Pergunte se eles querem 2 ou 5 pedaços…

Em vez de perguntar se eles querem ou não. Desta maneira, a escolha deles não está em querer ou não, mas no quanto querer. Eles vão escolher 2 pedaços, pois assim acreditam que fizeram a melhor escolha.

Esse truque funciona para outras coisas também.

V – Quer que o seu amigo se abra com você? Faça uma pergunta, mantenha o contato visual e fique em silêncio por alguns segundos. Ele se sentirá forçado a continuar falando, apesar do risco de se irritar.

Truques psicológicos que funcionam 2

Fazer expressões emocionais são uma grande forma de provocar emoções. Quer se sentir mais feliz? Abra o maior sorriso que poder!

Se você está fazendo algo que faz você ficar nervoso, coma algo ou masque chiclete. Ele engana uma parte de seu cérebro e o faz pensar que você não está em “perigo”.


Se quando você ta sentado no ônibus, e não quer que ninguém sente-se no seu lado, simplesmente fique sorrindo para as pessoas que passam e olhando diretamente para elas.

A pessoa se sentirá receosa em sentar ao seu lado devido ao seu comportamento “anormal”.

Não fale: eu acho. Isso soa de forma insegura.

Para fazer uma pessoa aceitar seu pedido, peça algo improvável e vá diminuindo seu pedido até onde você quer. Assim ela ficará mais propensa em aceitar seu pedido.

Nós somos extremamente cientes de nosso sentido de tato. Se alguém repousar ou tocar, “acidentalmente”, em nosso joelho (exemplo), nós saberemos e diante de 100% dos nosso 5 sentidos, o tato tem quase 2%, uma porcentagem pequena comparado aos outros “Visão, audição e ofato.”

Muitas das vezes ele passa meio que em branco, mas é através dele que escalamos conexões físicas e utilizamos ele lado a lado com o rapport para então criar uma empatia maior com determina pessoa e através dele comunicamos coisas também.

Se você não sabe o que é e como usar o rapport >>clique aqui<<, meu artigo completo sobre o assunto!!!

Um exemplo é a diferença quando você pega algo “seu” e algo que não pertence a ti, uma coisa bem sútil e por outro lado muito bom de comentar.

E, deixo-os um provérbio judaico: Se quiser que os outros pensem que você é muito inteligente, simplesmente concorde com eles.

Truques psicológicos que funcionam 3

Se você está com a mão quente quando apertar a mão de alguém, você imediatamente se torna uma pessoa mais desejável de se conviver.

Se alguém está com raiva de você e você se mantém calmo, a pessoa provavelmente ficará com mais raiva na hora mas depois se sentirá envergonhada do próprio comportamento.


Se você se mostrar muito feliz ao encontrar uma pessoa, da próxima vez que ela o encontrar, ela provavelmente se sentirá muito feliz e entusiasmada de vê-lo. (Cachorros usam esse truque em nós direto…)


Um sorriso no rosto é a primeira coisa que devemos fazer se quisermos influenciar as pessoas. Quando alguém sorri, a felicidade e o bem-estar são transmitidos e todos nós gostamos de nos sentir bem.


Quando nos fazem uma proposta com um sorriso no rosto, estamos mais predispostos a aceitar o que nos é pedido.


Está com uma música que não sai da cabeça? Pense (ou cante) o último verso dela. A nossa mente tende a continuar pensando em tarefas incompletas, o que é conhecido como efeito Zeigarnik. Ao pensar no último verso da canção, você envia ao cérebro a mensagem de que a tarefa está completa.

Hoje com esse artigo mais diferenciado sobre truques psicológicos que funcionam, tenho certeza que todos vocês aprenderam coisas bacanas aqui.

Abraço do tio!!!